Governo espanhol nega apoios para exumar passeados em 36, enquanto financia exumaçons de membros da Divisom Azul
19 de Agosto de 2003

A Associaçom para a Recuperaçom da Memória Histórica (ARMH) pediu novamente ao Governo espanhol, em maos do Partido Popular, que sufrague os gastos produzidos polas exumaçons dos cadáveres dos represaliados durante a guerra contra o levantamento fascistas do general Franco. Esta associaçom reclama que o governo conceda o mesmo tipo de subsídios e ajudas que outorga desde há anos à exumaçom de membros da chamada Divisom Azul, mortos na frente soviética, quando luitavam junto dos nazis contra o Exército Vermelho.

Santiago Macias, presidente da ARMH, afirmou que consideram que "o justo é que exista igualdade de trato. Parece-nos correcta a subvençom para a exumaçom dos que morrêrom na frente soviética, porque todo o mundo tem direito a descansar num lugar digno, mas exigimos igualdade de trato para todos". A ARMH tem previsto iniciar umha recolha de assinaturas para formalizar a petiçom ante o Governo.






Voltar à página principal