Detido um militar com fotografias de iraquianos torturados

Um soldado británico que participou na recente invason do Iraque foi detido por possuir fotografias de prisioneros de guerra iraquianos supostamente torturados, segundo publicou o diário "The Sun". O jornal, que cita fontes militares británicas, precisa que o militar arrestado é membro da Sétima Brigada Acouraçada, as "Ratas do deserto", responsáveis do longo asédio e toma de Basora durante a agressom imperialista.

O soldado foi detido após levar a revelar um carrete fotográfico a umha tenda da sua cidade natal de Tamworth (centro de Inglaterra). Segundo o rotativo, os responsáveis do estabelecimento ao ver as fotos avisárom à polícia, que arrestou ao soldado, cujo caso está sendo investigado pola Unidade Especial de Investigaçom do exército británico.

Nas instantáneas, captadas no sul do Iraque, vem-se entre outras imagens a um prisioneiro iraquiano atado e amordaçado pendurado de um guindastre de um camiom guiado por um membro das forças británicas.


Voltar à página principal