O imperialismo extende o caos no Iraque

A ocupaçom do Iraque polas tropas anglo-norteamericanas está provocando a destruiçom das infraestruturas e do rico património artístico-cultural do país.
Instalaçons públicas, hospitais, universidades, escolas, muséus, ruinas arqueológicas, estám sendo arrasadas coa permissividades do exército de ocupaçom. Desde a conquista de Bagdad e das principais cidades do país as tropas imperialistas permitem o saqueio indiscriminado do património nacional iraquiano. Os ministérios, a biblioteca nacional, os muséus arqueológicos, o arquivo nacional, as ruinas de Babilónia, ou bem fôrom saqueadas e posteriormente incendiadas, ou literalmente arrasadas.

O imperialismo nom só conquistou o Iraque para saquear o petróleo e os recursos energéticos, também pretende a destruiçom integral do país. Centrais eléctricas, depuradoras de água, hospitais, estradas, instalaçons civis de toda índole, fôrom destruidas sistematicamente durante as mais de três semanas de brutais bombardeamentos que padeceu o país. A dia de hoje segue ocultando-se o verdadeira dimensom do massacre, desconhecendo-se o número aproximado de vítimas entre mort@s e ferid@s que algumhas fontes independentes cifram em várias dezenas de milhares.


Voltar à página principal