FARC-EP colombiana contra a guerra imperialista
28 de Março de 2003 (Rede Solidária Antiimperialista)

As FARC-EP condenárom energicamente a guerra contra o Iraque. Condenam também o governo de Uribe Vélez por apoiar a "guerra de destruiçom e morte do povo iraquiano, para favorecer os interesses petrolíferos, económicos e geopolíticos do império norte-americano nessa distante regiom do mundo".

A seguir, reproduzimos o comunicado feito público polas FARC-EP colombianas:

COMUNICADO DAS FARC-EP

As FARC- EP condenam o governo fascista, paramilitar de Uribe Vélez:

1. As FARC-EP condenam energicamente o Governo fascista de Álvaro Uribe Vélez e sua camarilha governante da oligarquia liberal-conservadora por sujar e comprometer ainda mais o nome da Colômbia perante o mundo, com seu apoio à irracional guerra dos governos dos Estados Unidos, Gram Bretanha e Espanha contra o povo e governo legítimo do Iraque.

2. É umha grande mentira afirmar que este governo paramilitar e ilegítimo de Uribe Vélez, representa toda a Colômbia quando, sem consultar as maiorias nacionais, decide apoiar a guerra de destruiçom e morte do povo iraquiano, para favorecer os interesses petrolíferos, económicos e geopolíticos do império norte-americano nessa distante regiom do mundo.

3. O Governo vende pátria de Uribe Vélez e seus sequazes da oligarquia a serviço dos interesses do império, pedem insistentemente a intervençom militar dos Estados Unidos na Colômbia. Fam isso porque nom tenhem sentimento de Pátria e estám comprometidos com a entrega da dignidade e da soberania dos colombianos. Estes personagens da guerra agora apoiam a intervençom militar no Iraque e amanhá, sem nenhum pudor, também o farám contra os povos irmaos e vizinhos da Colômbia.

4. As FARC-EP fam um chamado de urgência a todos os democratas, às forças antiimperialistas, bolivarianas, comunistas, movimento popular e povo em geral a se organizarem para repudiar politicamente com energia, através de todas as instáncias e meios ao seu alcance a inaceitável e odiosa inclusom que Uribe Vélez fijo de nossa Pátria, no grupo de países aliados da guerra sem razom do governo Bush no Iraque.


Secretariado do Estado Maior Central das FARC-EP
Montanhas da Colômbia, 20 de Março de 2003




Voltar à página principal