As FARC-EP causam dez baixas nas fileiras burguesas: um governador, um ex-ministro da Defesa e oito soldados
6 de Maio de 2003

O governador da regiom colombiana da Antióquia, Guillermo Gaviria Correa, e o ex-ministro da Defesa colombiano Gilberto Echeverry Mejía, resultárom mortos no operativo montado polo exército da oligarquia para livrá-los do arresto a que a guerrilha os tinha submetido desde havia um ano.

As FARC confirmárom a morte dos dous políticos burgueses, devida à ordem dada polo presidente Álvaro Uribe ao seu exército para que os resgatasse. Mais de 600 soldados aerotransportados tentárom arrebatar o ex-ministro e o governador do seu arresto, algo que nom conseguírom. Além de Gaviria e Echeverry, oito soldados também arrestados meses atrás pola guerrilha revolucionária resultárom mortos na acçom provocada polo exército oligárquico.

O presidente e representante da extrema direita colombiana, Álvaro Uribe, insistiu pouco antes de conhecer-se o desfecho do operativo governamental nas suas ameaças às forças insurgentes: "Podo dizer aos senhores Marulanda ou Briceño que, ou cedem, ou daremos cabo deles". É evidente a resposta dos dous líderes máximos das FARC à prepotência de Uribe.



Voltar à página principal