Nom ao Foro Económico Mundial, nom à guerra, sim à justiça social

Apelo d@s activistas sociais suiç@s à manifestaçom contra o Foro Económico Mundial (FEM) -World Economic Forum (WEF)- em Davos, o 25 de Janeiro de 2003

O FEM de Davos é a agrupaçom de milhares das maiores empresas do mundo. É um organismo elitista dominado por varons, que nom ostenta nengumha legitimidade democrática. O FEM substenta a influência dos grupos industriais transnacionais no ámbito político... Os representantes do FEM afirmam querer melhor o mundo com as suas iniciativas. Mas na realidade a élite reunida em Davos tem como únicos objetivos aumentar o ganho dos grandes consórcios, assim como consolidar a lógica do neoliberalismo. Os autoproclamados Líderes Mundiais demonstrárom, agora e sempre, que consideram a guerra como un meio legítimo da política. Este ano, depois da reuniom da FEM, os numerosos representantes governamentais farám pública a sua aposta por umha política guerreira ainda mais agressiva. Dizemos nom à guerra com ou sem mandado da ONU.


Voltar à página principal