Desde que se iniciou a segunda Intifada morrérom 2.278 palestinia@s

O número de palestinian@s mort@s por Israel desde que se iniciou a segunda Intifada em Setembro de 2000 ascende a 2.278, segundo um informe divulgado hoje polo Conselho Palestiniano para a Paz e a Justiça (CPPJ). No informe também se acrescenta que de entre @s 2.278 mort@s por Israel, 604 eram menores de 18 anos; 316 deles escolares; 272 membros dos organismos de segurança; 116 de organizaçons de mulheres e 39 das vítimas perdérom a vida em ataques de colonos judeus. O CPPJ refire que o número de palestinian@s feridos em Cisjordánia e Gaza nos últimos dous anos e meio ascende a 44.157, de entre eles 12.152 nen@s e 2.170 mulheres.
No documento recolhe-se que o número de palestinian@s que padecem algum tipo de discapacidade física provocada polos ataques do sionismo é de 5.800, deles 2.750 menores.

Também se denúncia que o Exército israelita detivo desde o 28 de Setembro de 2000 a 19.028 palestinian@s, 8.000 dos quais seguem pres@s.
O informe menciona também que 625 casas cuj@s proprietári@s som palestinian@s fôrom destruidas polas excavadoras israelitas e 1.570 parcelas de terra palestiniana fôrom arrassadas. Durante esse mesmo período 763 israelitas perdérom a vida em distintos incidentes armados ou ataques perpetrados por militantes das organizaçons patrióticas e revolucionárias da Intifada, segundo dados oficiais das Forças Armadas de Israel. Entre as vítimas mortais israelitas 527 eram civis e 236 militares, enquanto o número de ferid@s de diversa consideraçom é de 5.264.




Voltar à página principal