Israel bombardeia com um caça um bairro de Gaza e assassina sete pessoas
9 de Abril de 2003

Com a escusa de atacar Hamas, Israel atacou com armamento bélico aéreo um bairro popular de Gaza. Um míssil destruiu um prédio de habitaçom, matando três supostos militantes de Hamas e mais quatro civis.

Entre os mortos estám umha criança de três anos e um rapaz de treze anos, atingidos polo míssil lançado polo F-16 israelita (de fabrico ianque).

Além das mortes, mais de 40 pessoas ficárom feridas e a casa totalmente destruída. As autoridades sionistas escusam-se falando de caça ao "terrorista", quer dizer, execuçons sumárias extrajudiciais como as que costuma aplicar à resistência palestiniana, mas também é habitual que os "danos colaterais" sejam bem mais graves do que os alvos declarados.

Desde o início da guerra contra o povo iraquiano, os sionistas tenhem aproveitado para atacar com dureza na Palestina, incluindo várias pessoas solidárias internacionais interpostas para evitar as matanças, e que fôrom atacadas nas últimas semanas sem que os meios se tenham ocupado do assunto. Em concrto, um solidário sueco foi ferido, umha mulher estado-unidense assassinada e um outro norte-americano gravemente ferido


Voltar à página principal