A ONU aprova umha resoluçom pola independência de Porto Rico
25 de Junho

A proposta foi apresentada por cuba, e "chama o Governo dos EUA a assumir a sua responsabilidade de propiciar um processo que permita ao povo de Porto Rico exercer plenamente o seu inealienável direito à livre determinaçom e independência, em conformidade com a resoluçom 1514 da Assembleia Geral", em referência ao texto de 1960 que trata da descolonizaçom.

Foi o Comité Especial de Descolonizaçom da ONU o que aprovou esta resoluçom, por consenso dos 24 membros presentes, e que vem aderir às 21 resoluçons anteriores em relaçom ao conflito entre o povo portorriquenho e os EUA que o mantenhem submetido como "Estado Livre Associado".

O texto fai referência à ininterrompida luita independentista do povo de Porto Rico, e a como recentemente conseguiu a retirada dos marines da base militar de Viequez, bem como a luita pola libertaçom d@s pres@s polític@s independentistas que os EUA mantenhem em diversas prisons.

A ONU afirma que fará seguimento da questom protorriquenha com o intuito de que a autodeterminaçom poda ser exercida, em direcçom à plena soberania nacional, a independência.

Eis a lista de Estados-membros do Comité Especial de Descolonizaçom da ONU que aprovárom a citada resoluçom: Antígua, Bolívia, Chile, China, Congo, Costa do Marfim, Cuba, Etiópia, Ilhas Fiji, Granada, Índia, Indonésia, Irám, Iraque, Mali, Papua-Nova Guiné, Rússia, Santa Luzia, Serra Leoa, Síria, Tanzánia, Tunísia e Venezuela.







Voltar à página principal