Continua a resistência armada contra a ocupaçom

Segundo as próprias fontes do Pentágono a resistência contra a invasom continua activa no conjunto do território nacional mediante acçons de sabotagens e guerrilha protagonizada basicamente polas milícias do Baas e internacionalistas àrabes.
Até o momento nom se achárom as temidas armas de destruiçom massiva coa que o imperialismo justificou o actual genocídio em curso contra um estado soberano.



Voltar à página principal