Fernando Savater elógia a linha política do BNG

Umhas eloquentes declaraçons de Fernando Savater, destacado representante do ofensiva ideológica do espanholismo contra as naçons, a classe trabalhadora e as mulheres, -que recolhe o semanário autonomista A Nosa Terra-, som reveladoras do inócuo e domesticado autonomismo galego.
Numhas jornadas organizadas polas Fundaçom Carlos Casares num balneário de luxo, o "filósofo" espanhol, -membro de todas as entidades virtuais pacifistas financiadas polos aparelhos de estado-, declara que "entendo o nacionalismo galego porque é distinto do basco e do catalám".

Esta clarificadora opiniom, dum dos mais qualificados dirigentes da maquinária ideológica do fascismo espanhol, sobre as bondades do "nacionalismo galego" frente ao de Euskal Herria e Catalunha, constata sem ambigüidades a claudicaçom do BNG na sua política de defesa dos interesses da Galiza. Quando os opressores elogiam a linha política daquelas organizaçons e movimentos que se reclamam defensoras dos direitos que conculcam nom fica a mais mínima dúvida da sua rendiçom e colaboracionismo.



Voltar à página principal