Apupam a Trillo na sua visita a Ferrol

A passada sexta-feira, dia 16, filiados de NÓS-Unidade Popular participarom na concentraçom convocada pola Assembleia Popular contra a Guerra diante do Parador de Turismo de Ferrol, para mostrar o seu rejeitamento à visita do Ministro espanhol de Defesa, o fascista e adepto da seita Opus Dei, Federico Trillo. A concentraçom estivo vigiada por umha desprorcionada presença policial. Federico Trillo, que mantivo umha reuniom com o candidato à alcaldia polo PP, Juan Juncal, afirmou que até depois do 25 de Maio, nom se falaria do dinheiro que tem que abonar Defesa ao Concelho de Ferrol polos terrenos que ocupa o exército espanhol na comarca. @s concentrad@s, que portavam bandeiras de Nunca Mais e piruletas com imagens d@s mort@s do Iraque, fôrom obrigados pola polícia espanhola a despraçar-se a uns 100 metros da entrada ao Parador para depois serem identificad@s. Dous filiados de NÓS-Unidade Popular que se negarom a identificar-se, até que lhes comunicassem o motivo, fôrom ameaçados com ser levados à esquadra policial. Esta nova amostra de abuso de autoridade por parte das forças de ocupaçom foi respondida pol@s concentrad@s com as palavras de ordem "Esta é a sua democracia" e "Aí está. Aí se ve o braço armado do PP.

A saída do fascista, foi acompanhada de berros de "Assassino", "Ilegalizar o Partido Popular", rematando a concentraçom sem incidentes.


Voltar à página principal