O World Watch Institute alerta sobre a destruiçom do planeta polo capitalismo

O informe anual do prestigioso World Watch Institute (WWI) constata a grave situaçom do planeta terra e os perigos da sua destruiçom pola insensata e irresponsável exploraçom e aniquilaçom de recursos a que se vé submetido polo modo de produçom capitalista.
"Destacad@s cientistas consideram que o mundo está atravesando a maior onda de extinçom de animais desde a desapariçom dos dinossauros há 160 milhons de anos", recolhe o documento do instituto norteamericano que anualmente realiza um rigoroso e amplo diagnóstico sobre a saúde do nosso planeta.

Entre as conclusons do informe destacamos que o ritmo de extinçom da biodiversidade acha-se agravada nas aves, cum ritmo de desapariçom superior em 50 vezes ao processo natural de eliminaçom das espécies. Nos últimos 500 anos extinguirom-se 128 tipos de aves, mas desde 1800 já se perdérom 103. Os pássaros som um magnífico termómetro para constatar o grau de deterioramento do meio ambiente.

De 1950 tem-se multiplicado por cinco o consumo de combustíveis fóseis. O dióxido de carbono mantém um incremento muito perigoso. Assim de 1990 tivérom lugar os nove anos mais calurosos da história conhecida com o conseguinte incremento do desgelo dos polos. Está previsto umha suba de 27 centímetros da água do mar até 2100.

A actividade mineira consome 10% da energia produzindo quase a metade das emisons tóxicas ameaçando o 40% dos territórios virgens. Porém os metais som facilmente recicláveis consumindo muito menos energia. No caso do alumínio supóm um 95% de popupança. Reciclando os sete milhons de latas de alumínio que @s norteamerican@s deitárom ao lixo na passada década podiam ter-se construido 316.000 avions Boeing. Há nas lixeiras de EE.UU 40 milhons de toneladas de cobre. Estas som as minas que o WWI considera prioritário explorar evitando assim a destruiçom das selvas e dos territórios virgens do planeta.

O crescimento vertiginoso da populaçom, 2.200 milhons mais de habitantes em 2003, aumentará a pressom sobre os recursos e provocará mais miséria, fame e doenças pola injusta distribuiçom da riqueza.

Destacar que no informe deste ano do WWI aparece a grave situaçom de contaminaçom que padece a Galiza provocada pola catástrofe do Prestige e a maré negra que arrasou parte do litoral galego.



Voltar à página principal