O activista do ecologismo Anxo Moure, detido em Chantada por protestar contra a presença de Fraga
22 de Maio

Forças policiais espanholas detivérom o ambientalista chantadino Anxo Moure quando prostestava pola presença de Fraga na inauguraçom de um infantário em Chantada. Moure levava umha máscara e um cartaz com que manifestou o seu rejeitamento ante a política ambiental do Governo do PP em casos como o Prestige. Companheir@s de Anxo Moure denunciárom a sua detençom e o seu julgamento imediato sem que se saiba o motivo concreto do mesmo, e figérom um chamado público exigindo a sua liberdade e denunciando o abuso de poder de que foi objecto.

O telefone do Julgado de Instruçom de Chantada para interessar-se polo caso é 982-440-190


Voltar à página principal