Balanço actual da guerra contra o povo iraquiano: 1.250 civis mortos e mais de 5.000
5 de Abril de 2003

Sem contar as centenas ou talvez milhares de militares iraquianos mortos, a ilegal e imperialista invasom do Iraque já causou, a dia 5 de Abril, 1.250 civis mortos e mais de 5.000 feridos. A "libertaçom" anunciada polos amos do mundo manifesta-se nesses dados e num país destruído com todo o tipo de armamento, incluído o químico (napalm) e as proibidas bombas de fragmentaçom.

Entre as últimas vítimas, todos os ocupantes de um veículo (três crianças incluídas), metralhados num ponto de controlo ianque por soldados invasores. Também 18 civis acabam de ser assassinados e 25 feridos por forças invasoras no bombardeamento indiscriminado de duas aldeias no norte do Iraque, segundo confirmou o canal árabe Al Yazira.


Voltar à página principal