A Junta do PP expedienta um professor por informar sobre a greve contra a guerra

23 de Abril de 2003

Continua a ofensiva do PP contra a liberdade de expressom no ensino galego. A conselharia de Educaçom presidida por Celso Currás reprime agora um professor de secundário de Cambre, expedientado por dar informaçom aos seus alunos e alunas relativa à greve contra a guerra do passado dia 20 de Março.

A colaboraçom da chefa de estudos do centro foi polos vistos decisiva para que a delegaçom corunhesa da Conselharia expedientasse Rafael Sánchez, que mantém a sua reivindicaçom de liberdade de expressom e provavelmente convoque umha greve de fame ante a indefensom a que o aboca a arbitrariedade da instituiçom educativa.

Várias entidades sociais galegas tenhem manifestado a sua solidariedade com o professor represaliado. Também Primeira Linha fai público o seu apoio incondicional ao companheiro e reclama a suspensom de qualquer medida repressiva por exercer um direito fundamental.


Voltar à página principal