Um referendo decidirá o novo estatuto político da Córsega
6 de Abril de 2003

O povo corso poderá manifestar-se em referendo por um novo estatuto que reconheça a sua nacionalidade frente à francesa. A maioria da Assembleia Corsa votou favoravelmente a realizaçom da consulta, que decorrerá provavelmente antes do verao.

Entidades sociais, sindicais e políticas corsas apostárom porque o referendo permita mais do que umha simples descentralizaçom administrativa, unificando a ilha num único departamento face aos dous que na actualidade a dividem, e permitindo um avanço em direcçom à soberania nacional.

O Governo francês mantivo reunions com todas as forças corsas, incluídas as independentistas, que reconhecerám o referendo sempre que nom seja um ponto final às aspiraçons nacionais do povo corso, segundo confirmou Corsica Nazione, a principal força independentista.



Voltar à página principal