TERCEIRO MUNDO CONCENTRA VÍTIMAS DE CATÁSTROFES NATURAIS

As catástrofes naturais provocam 90% de suas vítimas nos países subdesenvolvidos, devido à maior precariedade dos serviços de prevençom e atendimento às vítimas, segundo um informe divulgado ontem polas Naçons Unidas. Entre 1975 e 2000, essas calamidades custárom a vida de 340 milhons de pessoas no Terceiro Mundo, contra apenas 27 mil nos países ricos - avalia o grupo de especialistas que produziu o informe, sob o título "Estratégia internacional para a reduçom de desastres". Na última década, ocorrêrom 4.777 catástrofes naturais no mundo, provocando 880 mil mortes e afectando a moradia, saúde e sustento de um número perto de mil vezes maior.

O informe enfatiza que som as actividades humanas as responsáveis polas seqüelas desses desastres. Som elas que modificam o equilíbrio natural do planeta, com repercussons negativas na atmosfera, nos oceanos, camadas polares e cobertura vegetal.Os autores do estudo sublinham também que as mortes provocadas por exemplo polos terremotos nom som inevitáveis. Nom som esses fenómenos sísmicos em si que matam pessoas, mas os edifícios inseguros. Para prevenir tais danos eles recomendam medidas simples, mas efectivas, como avaliaçom dos índices de risco, mecanismos de alerta e planos de emergência para situaçons de calamidade pública.

Voltar à página principal