O Berço celebra em Ponferrada o Dia das Letras Galegas
Perto de duascentas pessoas acodem ao acto organizado por Fala Ceive

19 de Maio de 2003

Na tarde da sexta-feira, 16 de Maio, celebrárom-se em Ponferrada, na comarca galega do Berço, os actos programados por Fala Ceive para o Dia das Letras Galegas. Assistírom a este acto de reivindicaçom dos direitos lingüísticos na comarca perto de duascentas pessoas, entre as que destacavam um importante número de crianças, estudantes de galego de diversos centros de Ponferrada, que recitárom alguns poemas de Antom Aviles de Taramancos, e lêrom um resumo da biografia deste autor, a quem, este ano, estava dedicada a festividade da nossa língua nacional.

No local da Obra Cultural de Caja Espanha (lugar onde tivo que celebrar-se este acto, depois de que a Cámara Municipal de Ponferrada denegasse o uso da Casa da Cultura), houvo um recital de poesia, em que participárom Mª José Montero, Pepe Cañal, Trinaldi, Igor Lugris, José Alberte Corral Iglesias , Alexandre Banhos, Carlos de la Torre, Anxo Angueira e Raul Gómez Pato. Posteriormente, o grupo de Teatro Vagalume representou duas pequenas peças teatrais, "que sabem os médicos!", de Mª José Montero, e "Fina, canto tempo!", de Suso de Toro. Rematou o acto com um encerramento musical, em que actuárom em primeiro lugar o grupo Yibendrel e, posteriormente, a Escola de Gaitas de Vila Franca.

Aproveitou-se a ocasiom para apresentar ao público berciano o projecto cultural "Biblos", de venda de livros galegos através de catálogo. Em relaçom con este tema, cumpre comentar que Fala Ceive está a realizar umha recolha de livros galegos, em colaboraçom com a Fundaçom Vía Galego (que mandou umha representaçom para estar presente neste acto), que doará às bibliotecas públicas desta comarca.

Mas os actos do Dia das Letras começaram já de manhá, quando Fala Ceive levou a alguns colégios o contacontos Alexandre Banhos.


Voltar à página principal