OITAVA MARCHA CONTRA CELULOSES EM PONTE-VEDRA

 

 

No passado dia 9 de Junho decorreu a oitava marcha contra o complexo ENCE-ELNOSA em Ponte-vedra. Três milhares de ponte-vedreses e ponte-vedresas caminhárom de Ponte-Vedra e Marim até a fábrica, convocados pola Associaçom pola Defesa da Ria (APDR), que criticou como os novos donos do complexo evitam qualquer investimento anti-poluiçom, desviando esse dinheiro a “tentar comprar estômagos e consciências”.

Além da reivindicaçom, a jornada contou com um concerto de homenagem a Suso Vaamonde, que contou com a participaçom de A Quenlha, Debuxos Reanimados e The Dismal, entre outros grupos. Apesar da chuva, a jornada decorreu desde as 12 do meio-dia até a meia-noite do domingo, com umha participaçom popular importante, que vem reafirmar o rejeitamento generalizado à permanência de ENCE-ELNOSA em Ponte-Vedra.

NÓS-Unidade Popular participou na marcha com faixa e cortejo próprio, repartindo a brochura que a seguir reproduzimos:

 

CONTRA O TERRORISMO ECOLÓGICO, FORA ENCE

Som muitas as agressons às que o capitalismo e o Estado espanhol (PPdeG) nos está a submeter, barragens, Sogama, centrais nucleares, recheios, eucaliptais,... mais umha forma do uso e abuso do colonialismo sobre as naçons periféricas.

Quanto tempo mais vai suportar a Ria de Ponte-Vedra os inumeráveis ataques de que está a ser vítima desde há décadas. Se as suas doenças começárom com umha fábrica instalada de forma arbitrária e sem sentido nengum num areal formoso e produtivo, a situaçom piorou com o lixo deitado à Ria sem consideraçom de nengum tipo, com os diferentes recheios feitos aqui e lá para sustentar obras que de cada vez a mermam mais, com a total despreocupaçom por sanear os desaguamentos que em muitos casos som tubos de despejo direitos à Ria.

De que serve a mal chamada Lei de Protecçom das Rias?

ELNOSA deita 36.900 metros cúbicos mensais de águas residuais e refrigeraçom, Aguas de Galicia concede-lhe autorizaçom para despejar nas balsas de decantaçom de ENCE, que vam parar à Ria.

Onde estám os orçamentos para a limpeza e regeneraçom da Ria? quiçá estejam reservando umha partida para subsidiar a maquilhagem, a nova imagem do complexo ENCE umha vez resolvido o concurso?.

Porque afecta negativamente à saúde, porque a maioria da povoaçom ponte-vedresa a rechaça, porque nom se utilize @s trabalhadores/as para defender um mal comum, porque o capital estrangeiro nom mate a nossa Ria, FORA ENCE!

Na Defesa da Terra, marcha popular!

Contra o terrorismo ecológico, fora ENCE!

Independência, Socialismo e Antipatriarcado!

 

 

Voltar à página de Destaques