As FARC fam prisioneiros três agentes ianques da CIA
22 de Fevereiro de 2003

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia Exército do Povo (FARC-EP) confirmárom que tenhem no seu poder três agentes da CIA estado-unidense, que participavam numha operaçom de espionagem num aeroplano da mesma nacionalidade.
A organizaçom revolucionária colombiana exige que cessem esse tipo de operativos contra-insurgentes para manter com vida os três agentes do imperialismo ianque.
A seguir, reproduzimos integramente na nossa língua o comunicado feito público polas FARC:

Comunicado

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia Exército do Povo, FARC-EP, informam a opiniom pública nacional e internacional:

1. Que no dia 13 de Fevereiro do mês em curso, às 08:10 horas, umha unidade do Bloco Sul derrubou na Inspecçom de Santana de las Hermosas, jurisdiçom do concelho de Florencia Caquetá, umha avioneta de propriedade do Governo norte-americano, tripulada por um militar colombiano e quatro agentes da CIA, três dos quais se acham no nosso poder.

2. A avioneta, segundo fontes militares colombianas, achava-se realizando labores de espionagem contra-guerrilheiro. Tal foi ratificado pola mesma unidade guerrilheira que a derrubou.

3. Sabemos do interesse posto pola Ambaixada norte-americana em Bogotá e algumhas personalidades, onde fam um veemente apelo às FARC para respeitarmos a vida e a integridade física dos três oficiais gringos.

4. A vida e a integridade física dos três oficiais gringos no nosso poder só poderemos garanti-la se o exército colombiano suspender de forma imediata os operativos militares, bem como os sobre-voos, na área compreendida entre Santana de las Hermosas, San Antonio de Atenas, San Pancho, San Guillermo, Año, Nuevo, La Esperanza, El Para e Norcasia.

Secretariado do Estado Maior Central das FARC-EP
Montanhas da Colômbia, 21 de Fevereiro de 2003


Voltar à página principal