GREENPEACE ALERTA DA DESTRUIÇOM ACELERADA DO LITORAL GALEGO

"A protecçom do litoral deve ser tomada a sério. A situaçom agrava-se cada ano e os responsáveis nom fam nada para solucioná-lo. De nada servem as campanhas publicitárias do Ministério de Ambiente com as suas vistosas demoliçons de prédios se continuam a autorizar a destruiçom da costa'', declarou María José Caballero, responsável da Campanha de Costas de Greenpeace.

A organizaçom apresentou em conferência de imprensa o informe Destruiçom a toda costa 2002, em que revela o mau estado da costa devido às pressons exercidas polo homem. Num percurso por todo o litoral do Estado espanhol, Greenpeace compilou as principais ameaças que pairam sobre as costas galegas.

Segundo Greenpeace, apesar de Galiza apresentar um litoral privilegiado, as suas costas estám muito degradadas e descuidadas. A entidade ecologista baseou as suas acusaçons em 437 expedientes abertos durante 2001 pola Conselharia de Ambiente, 53 por cento mais do que no ano anterior.

Finalmente, a organizaçom afirmou que a poluiçom que atinge à Galiza degrada a grande velocidade o litoral e fai com que se ressintam todas as actividades que se desenvolvem nas suas redondezas: pesca e marisqueio fundamentalmente.

Voltar à página principal

 

Vista da Ria de Ferrol