Entre as palavras de ordem mais coreadas, “viva o socialismo”  

MAIS DE SETE MILHONS DE CUBANOS MANIFESTAM-SE PARA APOIAR A REFORMA CONSTITUCIONAL QUE DECLARA INTOCÁVEL O SISTEMA SOCIALISTA

 

Os cubanos e cubanas desbordárom as ruas dum extremo ao outro da Ilha para dar o seu SIM á reforma constitucional, proposta polos representantes da sociedade civil, para fazer intocável o sistema socialista, e lançar ao mundo un NOM contra os métodos fascistas bosquejados polo discurso de George W. Bush em West Point, sob o manto da cruzada antiterrorista.

O presidente Fidel Castro marchou desde as 8 horas da manhá da quarta-feira 12 de Junho, junto de mais de um milhom de capitalin@s e de outras localidades, que desfilárom em massa compacta durante mais de quatro horas frente ao Gabinete de Interesses dos Estados Unidos na Cidade de Havana, em impressionante unidade, no meio dum mundo em que as democracias representativas tornárom em demoinjustiças, demopobreza, demodesnutriçom infantil...

A mobilizaçom foi incontenível também no resto do país, em todos os municípios, em capitais provinciais, em assentamentos rurais,... Calcula-se que umha cifra superior aos 7 milhons de pessoas –segundo Prensa Latina- realizárom mais de 800 marchas e uns 230 actos.

Este desfile nom tem precendente no mundo, pola sua massiva convocatória, “fruto do nível de cultura, patriotismo, consciência e conhecimentos”, como afirmou na véspera o Presidente cubano, ao ultimar os preparativos da concentraçom, em comparecência televisiva efectuada na noite da terça 11 de Junho.

 

Granma Internacional

Voltar à página principal