Multitudinária manifestaçom popular no Iraque contra a ocupaçom ianque
20 de Maio de 2003

A maior manifestaçom contra a ocupaçom ianque do país decorreu no dia 19 de Maio de 2003, exigindo a retirada das forças de ocupaçom e reclamando a soberania nacional do povo iraquiano, um governo "de iraquianos para os iraquianos".

Fôrom por volta das 10.000 pessoas as que marchárom polas ruas de Bagdad, incluindo os dous povos maioritários que conformárom o Estado iraquiano, xiitas e sunitas. O rechaço à ditadura militar norte-americana cresce dia a dia no Iraque, o que confirma nom estar dita a última palavra sobre a dita "vitória aliada". Ao mesmo tempo, confirma-se ser o islamismo o movimento mais fortalecido pola agressom imperialista. À generalizaçom de atentados em diversos países soma-se o ascenso islamista no próprio Iraque.

As forças convocantes tivérom que enganar os invasores ao convocar umha marcha supostamente nom política, que acabou convertida num grande protesto anti-imperialsta.

Os ianques já tivérom de mudar o comando colonial que impugérom, retirando o general Garner e levando um outro burocrata do Partido Republicano no seu lugar. Porém, a anunciada "transiçom" nom acaba de concretizar-se ante o ascenso de líderes independentes dos ianques que contam com o apoio popular e nom aceitam a tutela imperialista.



Voltar à página principal