Quinta galega vítima da violência patriarcal
Novo assassinato machista

A vizinha de Lalim Luz Maria Castillo Garcia é a quinta mulher galega vítima do terrorismo patriarcal assassinada em 2003. Esta trabalhadora doméstica de origem colombiano que residia na capital do Deça foi morta com dous disparos de espingarda. O seu corpo apareceu numha estrada secundária que comunica as paróquias de Carvalheda e Parada de Alpeiriz onte de manhá. O autor deste novo crime machista é o seu companheiro sentimental, um vizinho da paróquia de Guilhar do concelho de Rodeiro.

Tal como já tem informado primeiralinha em rede em 10 de Fevereiro foi assassinada Maria do Carmo, de 72 anos, no Seixo, Mugardos; ao dia seguinte Cristina de 26 anos em Labanhou; Cándida faleceu o 29 de Maio em Moanha; e o passado 31 de Junho morria Carme em Ames.
O 2003 está sendo um ano fatídico para as mulheres galegas. As mortes por agressons machistas duplicarom-se em mais do 150% com respeito a 2002.


Voltar à página principal