Aumenta em 4.014 pessoas o número de parad@s na Galiza

Segundo dados do INEM o número de parad@s registrad@s na Galiza aumentou em 4.014 pessoas (+2,73%) durante o último mês do ano 2002.

Com esta subida o número de desempregad@s na Galiza fica num total de 151.015, sempre dados do INEM, o que deixa a taxa de paro ao feche do ano no 12,35 por cento, mais de três pontos por cima da média do Estado espanhol (9,14 por cento). Esta taxa é a segunda mais elevada das autonomias do Estado, só por baixo da Estremadura.

Galiza foi a CA com maior incremento do paro durante o mês de dezembro e a quarta no conjunto do 2002, com um aumento de 12.661 desempregad@s (9,15%).

Por sectores, o da Construçom e o da Indústria fôrom os mais afectados, aumentando em 2.617 e 2.338 parad@s mais respectivamente.

Por zonas, o maior incremento do paro durante dezembro correspondeu à Corunha, com 2018 parad@s, seguido por Ponte-Vedra (+1400), Ourense (+545) e Lugo (+51).

 

Voltar à página principal