LEITURA RECOMENDADA: POLÍTICA OPERÁRIA

Com quase 17 anos e 85 números às costas, a revista Política Operária é umha referência fundamental das publicaçons anticapitalistas portuguesas. Editada polo colectivo do mesmo nome, que mantém relaçons fraternas com Primeira Linha, tem por nome completo: Política Operária, Revista Comunista, e é dirigida polo militante comunista Francisco Martins Rodrigues. Entre as colaboraçons habituais, salientam nomes como o da activista e escritora feminista Ana Barradas, e outros como Vladimiro Guinot e Manuel Raposo, além de assinaturas ocasionais em cada número. Assim, no mais recente escreve o militante independentista galego Antom Santos, membro da Direcçom Nacional de NÓS-Unidade Popular.

No número actual, o 85, incluem-se artigos e colaboraçons de Iñaki Gil de San Vicente (A ilegalizaçom de Batasuna), de Antom Santos (Libertaçom nacional e socialismo), Tom Thomas (A eleiçom presidencial em França), Ana Barradas (RTP, o negócio que vem de longe), Paulo Jorge Ambrósio (Urgente reagir à ofensiva), e outros muitos. Destaca também a entrevista ao militante revolucionário afroamericano Robert King, recentemente libertado após passar 31 anos em cárceres ianques pola sua actividade militante anti-sistema. Também a actividade da esquerda independentista galega costuma ocupar um espaço nas páginas da Política Operária.

Ao todo, 40 páginas de boas e revolucionárias leituras por apenas 2'5 euros. A periodicidade é bimestral e, ainda que o nosso partido colabora na sua distribuiçom na Galiza, podes solicitá-la directamente a Lisboa escrevendo para o apartado 1682 (1016-001 Lisboa), ou escrevendo para o correio electrónico dinopress@mail.telepac.pt

Voltar à página principal