PP de Ferrol nom adere à condena popular do assassinato do jornalista ferrolano por parte dos USA
10 de Abril de 2003

Os concelheiros do PP rejeitárom participar na concentraçom de rechaço ao assassinato do operador de cámara ferrolano José Couso Permui, na sua cidade natal. Segundo o representante do Partido Popular em Ferrol, José Vilarinho, o seu partido "nom gosta da actuaçom da Plataforma convocante nalgumhas ocasions" e por isso nom participa nas suas convocatórias. A sua hipersensibilidade do PP com "a actuaçom" da Plataforma contra a Guerra nom se corresponde com o seu apoio aberto aos massacres contra o povo iraquiano durante as últimas semanas.

Durante o pleno em que se condenou o assassinato de Couso, o PP foi apupado polo público, ao grito de "assassinos". Também a sua sede em Ferrol tem sido alvo da ira popular contra os cumplices espanhóis da guerra, que dias atrás tinha rejeitado votar em pleno a aprovaçom de umha moçom pedindo o fim da guerra.

Estes som os "democratas" que enchem a boca a pedir o "fim da violência" no País Basco. Os mesmos que carregam nos seus ombros a corresponsabilidade por milhares de vítimas iraquianas -e algumha galega- causadas polos seus amigos da extrema direita ianque.



Voltar à página principal