Concentraçom contra o PP em Ferrol

A passada sexta-feira, dia 9 de Maio, tivo em lugar no Hotel Hesperides de Ferrol a apresentaçom da campanha do Partido Popular. Ante um forte dispositivo policial, composto por várias unidades antidisturbios da polícia espanhola, assim como de polícias a paisana. A Assembleia Popular contra a Guerra convocou a umhas 30 pessoas para receber os fascistas Juan Juncal, Manuel Fraga e Arsénio Fernandez de Mesa, entre outros.

Durante a concentraçom viverom-se momentos de tensom quando um polícia tentou sujeitar dum braço a umha militante independentista. Também fôrom identificados dous filiados de NÓS-Unidade Popular.

Os fascistas, forom recebidos entre gritos de "Assassinos", "Ilegalizar o Partido Popular" ou "Nunca Mais". Destacar as palavras do "Ex-Guerrilheiro do Cristo Rei", o fascista Arsenio Fernandez de Mesa durante o mitim dizendo que "basta já de que nós chamem assassinos, isto nom voltará a acontecer". Após esta ameaça há que continuar sem trégua com os protestos e com a denúncia dos culpáveis da crise nacional que assola Galiza.

Mais umha vez, mentres os sectores mais combativos da cidade mostravam o seu rechaço à visita de Fraga e companhia, o autonomismo fazia campanha eleitoral...

Voltar à página principal