A BURGUESIA POUPARÁ NA GALIZA MAIS DE 80 MILHONS DE EUROS POR ANO (POR CIMA DO TREZE MIL MILHONS DE PESETAS), GRAÇAS A REFORMA LABORAL DO PP

Um dos aspectos mais salientáveis da reforma legal em materia laboral é o embaratecimento do despedimento, ao livrar a empresa de pagar o chamado salário de tramitaçom cada vez que leva a cabo um despedimento improcedente, quer dizer, quando pretende despedir ilegalmente um trabalhador ou trabalhadora.

Aliás, esta medida terá um efeito secundário importante: ao nom correr da sua conta, os empresários deixarám de ter pressa em resolver a indenizaçom e imporá ao trabalhador, à trabalhadora, indemnizaçons baixas, ainda sabendo que o despedimento poda ser improcedente.

Na Galiza, produzem-se cada ano mais de 13.000 despedimentos improcedentes, que suponhem mais de 80 milhons de euros, 8.145 euros (1.360.000 pesetas) por cada trabalhador/a. Quer dizer, as indenizaçons achavam-se já no nosso país pola metade da média do Estado espanhol. O custo do depedimento médio descerá de aplicar-se a nova normativa até 2000 euros (332.772 pesetas) por trabalhador ou trabalhadora galega.

 

Voltar à página de destaques