USA invadirá o Iraque mesmo se Sadam aceita o exílio
18 de Março de 2003

A Casa Branca acaba de afirmar que invadirá o Iraque, quer Sadam aceite o exílio, quer nom. O ultimato de 48 horas fixado no dia 17 é pois papel molhado, segundo reconheceu Ari Fleischer, porta-voz do Governo ianque.

Fica assim em evidência mais umha vez o Goberno espanhol, cujo presidente Aznar ainda hoje dia 18 de Março afirmou no Parlamento que Sadam tinha a chave da paz na sua renúncia. Confirma-se que a maquinaria de guerra imperialista vai impor o massacre e o posterior domínio do território do Iraque e do seu petróleo em qualquer suposto.

Só a pressom popular a nível internacional tem adiado a intervençom. Só o alargamento da resistência antiimperialista poderá detê-la.


Voltar à página principal