Tropas USA voltam a disparar contra umha manifestaçom: duas pessoas mortas
18 de Junho

Umha nova manifestaçom anti-imperialista no Iraque foi dissolvida a tiros polos soldados ianques que dim ter "libertado" o país. Desta vez, morrêrom polo menos duas pessoas e várias mais ficárom feridas.

A manifestaçom encontrava-se em frente do Palácio Republicano de Bagdad, quando militares estado-unidenses disparárom as suas armas contra a gente, matando dous manifestantes.

De outra parte, a resistência iraquiana impingiu umha nova baixa às forças ocupantes, matando um soldado que se encontrava num controlo de estrada a norte de Bagdad. Algumhas das últimas acçons contra as tropas USA fôrom já assumidas por um grupo denominado Brigadas da Resistência Iraquiana.

O comando norte-americano reconheceu a existência de 2.050 pres@s iraquian@s até o início da operaçom "Escorpiom do Deserto", com o qual a dia de hoje os números som mais elevados.

A maior parte da populaçom presa acha-se no sul do país, em Umm al Qasar, num campo de concentraçom británico, bem como em diferentes prisons do país, que estám a ser reformadas para admitirem um maior número de intern@s. Também está em construçom umha prisom para quase cinqüenta mulheres e crianças que actualmente estám entre os presos.

 



Voltar à página principal