NÓS-Unidade Popular reivindicou em Valdovinho a luita das mulheres

12 de Outubro de 2008

Militantes e simpatizantes de NÓS-Unidade Popular concentrárom-se ao pé do farol de Meirás, no concelho de Valdovinho, para homenagear, através da figura de Lola Castro, Mariana, a luita das mulheres galegas ao longo da história. Foi no dia 11 de Outubro, na oitava ediçom do Dia da Galiza Combatente.

No acto tomárom a palavra Zéltia Fernandes e Gema Branco, dirigentes da entidade juvenil independentista BRIGA e da organizaçom convocante, coincidindo ambas em reivindicar o valor substancial e nom subsidiário da luita feminista. Ardeu também, ao findar o acto, umha bandeira de Espanha entre aplausos das pessoas concentradas.

A comitiva independentista dirigiu-se da espectacular zona natural do farol ao cemitério de Meirás, onde se depositárom umhas flores no túmulo de Lola Castro, militante do EGPGC falecida em 1990. Finalmente, realizou-se um jantar de confraternizaçom num restaurante da comarca trasanquesa, com participaçom de várias dúzias de pessoas.

Na noite do mesmo dia 11, um concerto de música galega no Centro Social da Fundaçom Artábria, em Ferrol, juntou um bom número de jovens por iniciativa de BRIGA, contra o chamado Dia da Hispanidade ou da Raça que o espanholismo comemora no dia 12 de Outubro.

Toda a informaçom, incluídas as imagens, no web de NÓS-Unidade Popular e no de BRIGA.

 

Voltar à página principal