Siareir@s Galeg@s apresentárom actos previstos para 27 de Dezembro

24 de Dezembro de 2008

O colectivo Siareir@s Galeg@s apresentou em conferência de imprensa no Estádio Municipal de Riazor, perante os meios de comunicaçom, a campanha gráfica “Direito a competir, direito a decidir”, informando ainda dos actos programados para o dia 27 de Dezembro na cidade da Corunha, quando decorre o jogo de futebol entre a Galiza e o Irám. 

Segundo informárom representantes do colectivo, a legenda escolhida este ano frisa a ideia da oficialidade das selecçons nacionais galegas, “principal razom de ser de Siareir@s Galeg@s”, acrescentando que “neste país nom só temos o direito, mas também a vontade de luitar pola oficializaçom das nossas selecçons”.

“A oficialidade nom é nengumha ilusom” para o colectivo, que relembrou como Fernando Vasques manifestara a sua convicçom de que a Galiza poderia algum dia jogar a nível internacional em campeonatos oficiais. Para além disto, Siareir@s informou da intensa actividade e trabalho que leva realizando nos últimos meses e dos actos que neste sábado terám lugar na Corunha.  

A organizaçom tem preparado um variado leque de iniciativas para o dia 27. Às 16 horas, em colaboraçom com a associaçom cultural os Curriolos da Pescaderia e com o apoio da Cámara da Corunha e dos negócios de hotelaria do Orçám, haverá umha rondalha com o quarteto de gaitas da Gentalha do Pichel e com dous regueifeiros bergantinháns. Já às 19 horas, umha manifestaçom parte do Campo da Lenha para exigir o direito da Galiza a competir a nível internacional e, após o jogo, por volta das 23 horas, concerto em apoio à oficializaçom, com Trapalhada, Skacha, Lamatumbá e Tonhito de Poi no Frontom de Riazor.

 

 

Voltar à página principal