CIG convoca concentraçons contra a directiva das 65 horas

6 de Outubro de 2008

A CIG convoca concentraçons em cidades e vilas do País amanhá, dia 7 de Outubro, contra a directiva das 65 horas aprovada polo Conselho de Emprego da UE no passado dia 11 de Junho.

A chamada Directiva de Tempo de Trabalho alarga a possível duraçom da jornada semanal de trabalho até 65 horas, sem marcar tempos de folga entre jornadas laborais nem limites anuais de horas de trabalho.

Com a nova normativa, os convénios colectivos perdem peso, ao abrir a possibilidade de "negociaçons" individualizadas, dando poder assim ao patronato perante pessoas isoladas e pressionadas pola necessidade de arranjar ou conservar o emprego.

Além do dito, os períodos de trabalho nom activo em casos de atendimento continuado em serviços públicos como a sanidade ou na conduçom de veículos passam a ser descontados do tempo trabalhado e pago polas empresas.

Em definitivo, estamos diante de um recuo importante nas condiçons de trabalho que as fai retroceder em mais de um século, anulando direitos conquistados por longas luitas da classe obreira a nível internacional.

É em medidas como essas que comprovamos a natureza da Uniom Europeia capitalista que estám a construir, e a necessidade de lhe fazermos frente como figérom o povo irlandês e antes o francês, o holandês e o dinamarquês, rejeitando em referendo os sucessivos tratados apresentados polo grande capital através dos seus agentes políticos.

Esperamos que a convocatória da CIG seja só um primeiro passo, que encaminhe o nosso povo trabalhador à mobilizaçom contra as 65 horas e contra as novas ameaças que já pairam sobre os povos da Europa, Galiza incluída, com a escusa da crise capitalista actual, a que os próprios capitalistas nos conduzírom.

Eis a lista de concentraçons, lugares e horários previstos:

Marinha: Às 11:00 horas em frente da Cámara Municipal de Cervo.

Corunha: Às 12:00 horas, em frente da Subdelegaçom do Governo espanhol

Ferrol: Às 12:00 horas em frente do edificio da Junta de Galiza na Porta Nova.

Lugo: Às 12:30 horas em frente da Subdelegaçom do Governo.

Ourense: Às 11:30 em frente do edifício sindical

Ponte Vedra: Às 12:30 horas em frente da Subdelegaçom do Governo.

Compostela: Às 12:30 h na Praça da Galiza.

Vigo: Às 12:00 horas, em frente do pavilhom do Berbês.

 

Voltar à página principal