Boa resposta das mulheres trabalhadoras no 8 de Março

9 de Março de 2009

Centenas de mulheres percorrêrom as ruas das principais cidades galegas convocadas pola Marcha Mundial das Mulheres na Galiza, em manifestaçons com motivo do 8 de Março, que neste ano fôrom centradas nos desafios da mulher trabalhadora perante a actual crise do capitalismo mundial.

Vigo registou a maior manifestaçom, com umhas mil mulheres, registando-se também manifestaçons significativas em Compostela e Ferrol, além de outras na Corunha, Ourense e Ponte Vedra.

As mulheres da esquerda independentista tivérom presença na jornada, nomeadamente através das mulheres trabalhadoras e estudantes de BRIGA, em manifestaçons como a da capital galega, em que foi queimada umha cruz católica.

No caso de Salvaterra de Minho, a Assembleia de Mulheres do Condado voltou a ter iniciativa própria, inaugurando umha escultura em pedra dedicada à mulher trabalhadora na beira do rio Minho e organizando um jantar posterior de confraternizaçom entre as mulheres que venhem trabalhando organizadamente na comarca em defesa dos direitos das mulheres.

 

 

Voltar à página principal