Acidentes laborais em alta

23 de Agosto de 2008

Dados oficiais publicados polo Instituto Galego da Segurança e a Saúde Laboral (ISSGA), adscrito à Conselharia do Trabalho, confirmam o aumento de 5% nos acidentes de trabalho com resultado de morte na Comunidade Autónoma da Galiza durante os primeiros seis meses de 2008 em relaçom ao mesmo período do ano passado.

Em concreto, fôrom 39 os acidentes laborais mortais no primeiro semestre deste ano, registados nos sectores serviços (9), agricultura (9), construçom (11), pesca (9) e indústria (8). O aumento afectou à pesca e à indústria, enquanto a construçom e a agricultura se mantivérom e os serviços foi o único a baixar no número de mortes.

Ao todo, fôrom contabilizados 25.974 acidentes em horário laboral, entre Janeiro e Junho, dos quais 378 graves. Nesse mesmo período do ano 2007, foram contabilizados 25.482, dos quais 429 graves, o que implica o aumento do número absoluto de acidentes em 1,9 pontos, sendo o único dado positivo a diminuiçom dos acidentes graves. De facto, os acidentes ligeiros aumentárom (1,55%), embora nom tanto como os mortais (5%).

Será que alguém vai render contas sobre os negativos resultados, mais um ano, dos dados referentes à sinistralidade no mercado laboral galego?

Tememos que nom.

 

Voltar à página principal