A esquerda abertzale, por umha "ampla frente popular" contra o Apartheid político

11 de Janeiro de 2009

O movimento popular abertzale basco nom se resigna à exclusom política imposta polo Estado espanhol ao soberanismo. Para lhe fazer frente, acabou de apresentar umha iniciativa eleitoral representada por conhecidos e conhecidas activistas dos movimentos sociais e da esquerda sobreanista basca, para representar esse sector, um dos principais no cenário político basco, nas eleiçons autonómicas do dia 1 de Março.

Umha das porta-vozes do colectivo D3M sublinhou a necessidade de construir "umha ampla frente popular" para fazer frente às imposiçons espanholas, acrescentando que "queremos acumular forças e impulsionar um espaço independentista e progressista como sujeito determinante da mudança política e social em Euskal Herria".

A iniciativa precisa de recolher vários milhares de assinaturas como exigência para poder apresentar-se às eleiçons, pairando no entanto a ameaça do Estado espanhol contra qualquer movimento do independentismo basco, em aplicaçom da antidemocrática Lei de Partidos.

D3M aspira a materializar a alternativa que Euskal Herria necessita, contribuindo para superar o conflito entre o povo basco e o Estado espanhol em chaves democráticas, evitando "a mudança estética" que pretendem algumhas das forças que participarám nas eleiçons, em referência às perspectivas do PSOE.

Resta agora comprovarmos qual é a reacçom do Estado espanhol, embora os precedentes e a sua própria natureza constituam toda umha ameaça para a democratizaçom real do País Basco.

 

Voltar à página principal