Nepotismo por sistema ou como os partidos governantes repartem dinheiro entre as entidades próximas

 

1 de Setembro de 2008

Nos últimos dias, transcendêrom as ajudas milionárias que o governo espanhol reparte entre fundaçons e entidades ligadas aos grandes partidos burgueses. É o caso da Fundaçom para a Análise e os Estudos Sociais (FAES), presidida polo genocida José Mª Aznar, que recebeu a maior ajuda pública distribuída polo governo espanhol, em maos do PSOE.

Mas os 2.861.302 euos recebidos pola FAES nom é umha novidade, nem um caso isolado. A utilizaçom dos fundos públicos para repartir favores entre entidades ligadas ao oficialismo atinge ámbitos como o empresarial, o sindical, o cultural ou o ambiental, e nom se limita ao governo espanhol de Madrid. Na Galiza também acontece.

O caso mais transparente é o que afecta aos sindicatos maioritários, através da formaçom continuada gerida por fundaçons ligadas criadas ad hoc e milionariamente financiadas polas instituiçons públicas para que as centrais atendam necessidades formativas que deveriam cobrir essas mesmas instituiçons.

Porém, nom som o único caso. O PP financiou na Galiza durante anos, de maneira oculta ou aberta, as suas próprias entidades afins, desde as empresariais até as religiosas, culturais e outras. Nos últimos anos, som o PSOE e o BNG os que estám a marcar, na Junta e em quase todas as deputaçons provinciais, umha orientaçom diferente no reparto de dinheiro público, mas coincidente nos critérios: a fidelidade ou, directamente, a submissom política aos respectivos partidos define quem leva mais, menos ou nengum dinheiro público.

A democratizaçom dos subsídios institucionais ao tecido associativo galego continua pendente de umha verdadeira aprofundizaçom no funcionamento transparente das instituiçons. Isso só será possível a partir de um controlo efectivo por parte do próprio movimento popular galego, um controlo hoje inexistente, em parte, pola relaçom clientelar que resulta do sistema actual que aplicam tanto o PP, como o PSOE e o BNG.

 

Voltar à página principal