2700 e 1800 euros de multas por denunciar a instituiçom monárquica espanhola

23 de Fevereiro de 2009

NÓS-Unidade Popular emitiu um comunicado em que avalia a resoluçom judicial que condena os dous independentistas galegos Santiago e Alexandre ao pagamento de fortes multas por um delito de opiniom, ao se limitarem a queimar, simbolicamente, um boneco representativo da monarquia espanhola em 2007.

Reproduzimos na íntegra o comunicado de NÓS-UP, que promoveu a campanha solidária com os dous republicanos galegos e promove a arrecadaçom de fundos para afrontar a repressom económica imposta pola Audiência Nacional espanhola.

As fortes multas aos companheiros Santi e Alex exemplificam o regime repressivo que a Espanha monárquica e capitalista representa

Finalmente, a Audiência Nacional espanhola condenou os dous independentistas acusados de fazerem umha queima simbólica da figura do rei de Espanha em Vigo, como expressom política do seu republicanismo e soberanismo galego, a multas de 2.700 (Alex) e de 1.800 euros (Santi), em linha com outras sentenças semelhantes contra independentistas cataláns condenados por actuaçons políticas anti-monárquicas.

NÓS-Unidade Popular considera necessário que os sectores progressistas e democratas do nosso povo fagam umha reflexom colectiva sobre o significado da condena de dous compatriotas que unicamente som acusados de queimarem umha figura de madeira e questionarem, assim, a continuidade de umha instituiçom reaccionária e antidemocrática como a monarquia.

O grau de intransigência que medidas como esta, antecedidas de outras sentenças que incluírom multas a humoristas, o seqüestro de publicaçons satíricas e outras medidas censoras conhecidas, parece mais própria de um regime ditatorial que da “Espanha democrática” de que falam os altifalantes mediáticos do sistema, nomeadamente nestes dias de campanha eleitoral.

Também neste caso, que afecta directamente a nossa dignidade colectiva como democratas galegos e galegas, a chamada “opiniom pública” ficará desinformada sobre a dimensom real da existência de delitos de opiniom no Estado espanhol. O férreo controlo informativo possibilita construir “unanimidades” que condenam o exercício de direitos fundamentais, o que obriga a que reflectamos sobre estes factos, que ameaçam com tornar-se “normais” nesta democracia de baixa intensidade que padecemos.

Porém, NÓS-Unidade Popular considera que nom devemos ficar na reflexom, tal como Santi e Alex nom ficárom. A nossa organizaçom mantém todo o seu apoio às acçons anti-monárquicas acontecidas em Vigo em Dezembro de 2007 e apela o movimento popular para, com o esforço colectivo, afrontarmos as multas dos dous companheiros e mantermos o rumo em direcçom a umha Galiza livre, socialista e republicana.

Número de conta solidário com Alex e Santi: 2091 0316 99 3040015276

Conceito: solidariedade com Alex e Santi.

 

Voltar à página principal