AGIR informa da citaçom de mais dous estudantes polo caso Maria San Gil

20 de Setembro de 2008

A entidade estudantil independentista, AGIR, informa no seu site do curso do processo repressivo que se seguiu à concentraçom contra a presença da ex-dirigente basca do PP, Maria San Gil, em plena pré-campanha eleitoral, na Universidade de Compostela. Às quatro pessoas detidas e mais cinco identificadas por umhas inexistentes agressons por parte do estudantado soma-se agora a intimaçom de mais dous estudantes por parte dos tribunais compostelanos.

Som já, ao todo, nove as pessoas envolvidas num operativo repressivo disparatado, que inclui até duas que nem sequer participárom na concentraçom da Faculdade de Económicas que deu origem ao caso. AGIR, que no seu dia apresentou um vídeo em que se comprova que os guarda-costas de San Gil fôrom os únicos agressores aquele dia, informa também de que a partir de Outubro começam a comparecer os imputados e imputadas.

À espera de que o assunto seja esclarecido e fique demonstrada a inocência dos nove estudantes, fazemos-lhes chegar daqui a nossa solidariedade e um reconhecimento ao necessário labor de denúncia e reivindicaçom como um sinal de identidade do estudantado galego.

Voltar à página principal