Oligarquia colombiana ameaça de morte Narciso Isa Conde

Narciso Isa Conde durante a sua visita à Galiza, acompanhado por membros da comunidade imigrante dominicana em Vigo

15 de Agosto de 2008

O Capítulo Galego da Coordenadora Continental Bolivariana publica no seu blogue a denúncia realizada pola esquerda latino-americana polas graves ameaças de morte que pairam sobre o veterano revolucionário dominicano, solidário com as forças transformadoras da Colômbia e também amigo da Galiza, Narciso Isa Conde.

Isa Conde, dirigente da esquerda camañista dominicana e reconhecido em todo o continente como luitador exemplar desde há décadas, dirigiu umha carta ao governo dominicano pedindo explicaçons sobre as conversas mantidas com elementos do governo colombiano, nas quais o próprio Narciso Isa Conde e a sua solidariedade com as FARC foi tema central.

Apesar de nom chegarem essas notícias aos meios da Galiza, o certo é que os paramilitares colombianos continuam a assessinar militantes de esquerda na Colômbia e há dados sobre a possibilidade de que Narciso Isa Conde poda vir a ser vítima de um atentado preparado nas visitas de elementos da extrema-direita colombiana à República Dominicana.

Lembremos que Narciso Isa Conde estivo na Galiza no passado mês de Abril, participando nas Jornadas Independentistas organizadas por Primeira Linha, em reunions e palestras nas sedes comarcais da CIG em Vigo e Ferrol, numha entrevista na Rádio Galega e numha conferência no Clube Internacional de Imprensa. Na altura, o companheiro dominicano manifestou publicamente o seu apoio à autodeterminaçom e à independência da Galiza.

Agora, na Galiza, as comunistas e os comunistas, solidários com a luita revolucionária na Colômbia e na América Latina toda, aderimos às vozes que em numerosos países estám a reclamar garantias para evitar umha possível acçom violenta do paramilitarismo contra o camarada Narciso Isa Conde.

:: Mais informaçons e a carta enviada por Narciso Isa Conde ao Estado dominicano aqui.

:: Entrevista com Narciso Isa Conde no portal da CIG, Avantar, durante a sua visita à Galiza, na passada Primavera, aqui

 

Voltar à página principal