NÓS-UP contra o 'disparate' do projecto de teleférico em Compostela

26 de Novembro de 2008

Dentro da progressiva conversom da capital da Galiza em 'parque temático' para o turismo, o governo municipal do PSOE e o BNG pretende a construçom de um grande teleférico que comunique a zona histórica de Compostela com a Cidade da Cultura, no monte Gaiás. NÓS-Unidade Popular voltou a manifestar publicamente a sua oposiçom a esse "disparate", despregando umha grande faixa de denúncia na praça da Galiza dessa cidade.

O projecto já foi rejeitado pola entidade assessora da UNESCO para o Estado espanhol em matéria de património cultural, mas Sanches Bugalho mantém-no como parte da concepçom turistificadora que o une aos outros dous partidos com representaçom municipal.

Poucos minutos após a umha da tarde de hoje, militantes independentistas situárom-se no centro de umha das praças centaris de Compostela para denunciar umha estratégia turistificadora que, em palavras de NÓS-Unidade Popular, "teima em converter a capital galega num enorme parque de diversons".

O Responsável Comarcal de NÓS-UP de Compostela, José Dias Cadaveira, afirmou que "actualmente o prioritário é dar a conhecer entre a vizinhança o projecto para posteriormente articular respostas maciças que exijam soluçons aos verdadeiros problemas do povo trabalhador compostelano".

NÓS-UP, dixo Dias Cadaveira, está empenhada em "forçar a mudança da política neoliberal do PSOE-BNG exigindo trabalho digno e de qualidade e menos teleférico".

A iniciativa política independentista foi, como é costumeiro, "acompanhada" pola presença policial, tam desproporcionada como sempre, além da filmagem constante com as cámaras instaladas nas ruas do centro da capital da Galiza.

 

Voltar à página principal