O exército ianque assassina 15 crianças em três dias no Afeganistám

11 de Dezembro de 2003

As forças militares imperialistas norte-americanas continuam a sua campanha genocida no Médio Oriente. Na sua caça ao "terrorista", figérom nove vítimas mortais na vila de Ghazni, num ataque aéreo contra um prédio que ficou destruído com as nove crianças dentro.

Enquanto estávamos ainda a ouvir as farisaicas palavras de desculpa do secretário da Defesa estado-unidense, o falcom da extrema direita Donald Rumsfeld, no senso de se tratar de um erro na procura de um líder talibám, ficamos a saber de umha nova "heroicidade" das tropas ocupantes do Afeganistám. Seis novas crianças caíam mortas durante o que os ianques de nominárom "ataque contra um depósito de armas rebeldes" no sueste do país.

Entretanto, sabe-se também que o sionismo israelita está a assessorar as forças ianques para a criaçom de esquadrons da morte em território iraquiano, para o combate da resistência patriótica. Seis militares ocupantes ianques morrêrom no Iraque no que vai de mês.

Voltar à página principal


Tumulos das nove crianças assassinadas no passado sábado polo exército ianque no Afeganistám