Surpreendem polícias à paisana arrancando propaganda independentista nas ruas de Ferrol

9 de Março de 2004

Um grupo de militantes independentistas que colava cartazes da campanha de NÓS-Unidade Popular contra os acidentes laborais surpreendeu em Ferrol dous efectivos da Polícia espanhola, adscritos ao serviço de informaçom, arrancando a propaganda independentista das paredes da cidade.

Os polícias à paisana conduziam o seu "famoso" Citroën Saxo de cor azul escuro, muito conhecido em ámbitos da esquerda política e sindical em Ferrol, por estar sempre presente nos actos políticos desse signo que ocorrem na comarca de Trasancos. No carro, ambos polícias seguiam os independentistas enquanto colavam cartazes de denúncia dos acidentes laborais. Numha dada altura, os membros de NÓS-Unidade Popular voltárom a umha rua em que anteriormente tinham colado propaganda, surpreendendo os "secretas" em pleno labor, a arrancar cartazes aproveitando que a cola estava ainda fresca.

Ao serem surpreendidos, os dous elementos, tam reconhecíveis como o seu Citroên Saxo, entrárom rapidamente no seu veículo, abandonando o lugar.

O incidente que comentamos é apenas mais um exemplo do evidente seguimento e acossa a que a polícia espanhola continuamente submete o independentismo no conjunto da Galiza. Apenas mais um episódio que, isso sim, ridiculariza o papel desses "guardas custódios da segurança pública".

No caso de Ferrol, a militáncia independentista tem denunciado judicialmente em diversas ocasions os excessos do serviço de informaçom policial, que fai telefonemas "anónimos" às moradas, insulta e acossa nas ruas @s militantes e chega a roubar material em intervençons irregulares em plena rua. Existe já um precedente de sentença judicial que reconhece esses factos, obrigando à devoluçom de material político ilegalmente requisado polos efectivos do Ministério espanhol do Interior.


Voltar à página principal