A Assembleia de Mulheres do Condado exige medidas contra a violência machista e convoca umha concentraçom no 25-N

23 de Novembro de 2003

A Assembleia de Mulheres do Condado convocou umha concentraçom para o próximo dia 25 de Novembro, Dia contra a vilência machista, em Ponte Areas. Será às 20.30 horas diante do Paço do Concelho da citada vila. O acto é convocado sob a legenda "Pola emancipaçom das mulheres, adiante com a luita feminista".

Além disso, a AMC apresentou nestes dias diversas propostas nas instituiçons municipais da comarca em relaçom com a violênica contra as mulheres. Em concreto, solicita ao governos municipais da comarca a criaçom de umha casa de acolhida para mulheres maltratadas, apoio e assessoramento jurídico gratuito para as mulheres que padecem maus tratos, cursos gratuitos de autoestima e autodefesa, um plano municipal de inserçom laboral para as vítimas da violência machista, e que as oito mulheres assassinadas neste ano na Galiza sejam homenajeadas com o seu nome nas ruas de Mondariz, Mondariz Balneário, as Neves, Ponte Areas, Salvaterra de Minho, e Salzeda de Caselas.

A AMC anima, no manifesto feito público com motivo do 25 de Novembro, todas as mulheres da comarca a nom ficarem caladas, a denunciarem aos agressores, a responderem com todas as armas na mao o terrorismo machista. Recorda que cada agressom deve ser respostada mediante os mais variados mecanismos: denúncias nos julgados, denúncias públicas dos agressores, práticas de autodefesa, para evitar mais mortes e mais feridas.

Voltar à página principal