14 basc@s mort@s nas estradas em visitas a pres@s desde o início da dispersom

29 de Novembro de 2003

A morte de umha vizinha da cidade basca de Irum fai o número catorze desde que o PSOE iniciou a política de dispersom de pres@s polític@s pola Península e as ilhas dependentes do Estado espanhol.

Sara Fernández ia com Izaskun Urkijo visitar dous familiares presos em Valdemoro, quando um acidente provocou a morte da primeira e ferimentos graves à segunda.

Mais de 5.000 pessoas participárom nas manifestaçons que percorrêrom as ruas de diversas vilas e cidades bascas nesta sexta-feira para denunciar a crueldade das penas acrescentadas às famílias d@s pres@s polític@s que supom a dispersom, posta em andamento polo PSOE e continuada polo PP.

Lembremos que também na Galiza se produzírom duas mortes de familiares em visitas a pres@s independentistas na década de 90, devidas às longas distáncias a que fôrom levados os e as independentistas galegos encarcerados em relaçom com a actividade armada do EGPGC durante quinze anos.

Voltar à página principal