Rapina imperialista: Fenosa consegue contrato milionário com Exército ianque

20 de Janeiro de 2004

A multinacional de origem galega Unión Fenosa, participante no reparto de benefícios outorgados polo imperialismo ianque aos seus incondicionais aliados e após o apoio do Estado espanhol à invasom e destruiçom do Iraque, acabou de receber um contrato com o US Army Corps of Engineers.

Em concreto, foi Soluziona, filial de Fenosa, que arranjou em parceria com a empresa norte-americana CH2Mhill um contrato por valor de 1.500 milhons de dólares em que a multinacional galego-espanhola leva 22% de participaçom.

O contrato outorgado ao novo consórcio hispano-norte-americano di respeito, segundo informaçons da própria multinacional, ao "desenho, construçom, reconstruçom, operaçom e manutençom de infraestruturas no Oriente Médio, África e Ásia", Iraque incluído, "bem como outros requerimentos imprevistos que puderem surgir", num total de 25 países em que existem interesses norte-americanos.

O US Army Corps of Engineers é o ramo do Exército ianque encarregado de obras de engeharia e ambiente ao serviço do Pentágono, quer em território estado-unidense, quer no exterior, como é neste caso.

O contrato foi outorgado no passado dia 12 de Janeiro e tem um teito de 500 milhons de dólares no primeiro ano e até 250 nos quatro seguintes. Começa a ver-se traduzido na prática o "desinteressado" compromisso do PP, as entidades patronais, o Governo e outras instituiçons espanholas na "democratizaçom" do Iraque através da destruiçom do país árabe. Os lacaios do imperialismo ianque recebem o pagamento polos serviços emprestados.

Voltar à página principal