As prisons da Galiza, mais cheias do que nunca

23 de Novembro de 2003

Dados oficiais ratificam que os cárceres da Galiza nunca tivérom tanta gente dentro. O incremento mais espectacular produziu-se entre Setembro de 2002 e Setembro de 2003, período em que se passou de 2.681 a 3.434 pessoas presas nas cadeias da Lama, Monterroso, Teixeiro, Bonxe e Pereiro de Aguiar.

Ao todo, na Galiza existe umha ratio de 125,45 presos e presas por cada 100.000 habitantes. A Galiza está assim a par de outras comunidades autónomas no que se confirma como um forte incremento da populaçom reclusa no Estado espanhol, o que revela o nível de injustiça social existente. De resto, os colectivos mais castigados polo sistema capitalista som os que mais pessoas achegam às prisons, como se vê no facto de umha em cada quatro pessoas presas serem imigrantes.


Voltar à página principal