Mais provas gráficas das torturas aplicadas no Iraque por ordem de George W. Bush e Donald Rumsfeld

7 de Maio de 2004

Um CD com mais de 1.000 fotografias que circulava entre as tropas estado-unidenses está a ser progressivamente publicado por diversos meios de comunicaçom. Nele, mostra-se inequivocamente como a tropa imperialista enviada pola Casa Branca ao Iraque tortura e humilha as pessoas detidas na prisom de Abu Ghraib, próxima de Bagdad. É claro que este comportamento se repete em cada centro de internamento de prisioneir@s polític@s iraquian@s.

Donald Rumsfeld, responsável directo polo Departamento da Defesa norte-americano, está a ser nos EUA alvo de campanhas para o seu processamento ante o envolvimento em crimes de guerra de todo o tipo durante as várias décadas que leva à sombra das sucessivas administraçons republicanas ianques. Trata-se de um dos máximos expoentes da extrema direita que mexe os fios de poder norte-americano já desde 1975, quando acedeu ao Departamento da Defesa sob presidência de Gerald Ford.

Responsável politico pola campanha militar contra o povo afegao, mantivo essa mesma responsabilidade durante a invasom e destruiçom do Iraque. Desbordado pola ofensiva guerrilheira e as centenas de soldados ianques mortos, sai agora à luz a sua directa responsabilidade nom apenas nas dezenas de milhar de mortes de civis sob as bombas e balas ianques, mas pola aplicaçom sistemática de torturas a iraquian@s detid@s polos militares às suas ordens.

Grupos de defesa dos direitos humanos estám nestes dias a denunciar que os maus tratos e torturas nom som episódios "incontrolados" nem pontuais, mas "questons sistémicas", que abrangem se estendem também ao Afeganistám.

Agora que os media do sistema simulam indignaçom perante as imagens publicadas, cumpre lembrar que é um facto comprovado que os EUA nom aplicárom nem aplicam a Convençom de Genebra, nem no Afeganistám nem no Iraque. Som um exército de criminosos, que nem sequer aceita as reclamaçons mais básicas da Cruz Vermelha em relaçom ao tratamento de detid@s e ferid@s inimig@s. Além do mais, nom esqueçamos que o regime imposto no Iraque é umha ditadura com todas as letras, em que umha força militar estrangeira nomeia dirigentes políticos e dita leis ao mais puro estilo colonial.

George W. Bush mantém até agora o seu incondicional apoio ao seu secretário da Defesa, Donald Rumsfeld, o que o converte em cúmplice da política genocida e fascista que o imperialismo está a aplicar no Iraque e no Afeganistám. Assim se entende que os EUA estejam a vetar o Tribunal Penal Internacional, umha vez que som som os mais qualificados candidatos a sentar no banco dos acusados. As suas responsabilidades criminosas ao longo de agressons nos quatro cantos do planeta som só comparáveis às do Terceiro Reich ou o próprio Estado sionista, principal sócio internacional da estratégia do Pentágono.


 

:: Mais informaçons sobre as torturas e maus tratos a prisioneir@s iraquian@s:

Militares ianques implicam o Pentágono na sistemática prática de torturas a iraquian@s (+...)

Continuam a difundir-se imagens das agressons a iraquian@s detid@s polas tropas imperialistas (+...)

Novas provas gráficas das torturas e vexames a prisioneir@s iraquian@s (+...)

Imagens televisivas provam a prática de torturas a presos iraquianos por parte de militares estado-unidenses (+...)


Voltar à página principal